|| Metodologia

 

“Terá de haver um método como ponte lançada sobre o abismo entre o ser do educando e o seu dever-ser”. (Ney Lobo)

 

A evolução do ser humano se processa pela continuada e permanente transformação do homem, e as mudanças ascendentes provocadas pela educação.
Assim podemos dizer que a prática pedagógica é responsável pela visão do aluno como autor e criador do seu próprio destino.


Portanto:

 

     • O professor deve ter a competência de selecionar, organizar e elaborar os objetivos, conteúdos e métodos a partir da realidade social em que o aluno está inserido;
     • O professor deve ter uma prática reflexiva com relação a sua ação, com objetivos crítico social, conscientizando-se da responsabilidade na questão do saber fazer;
     • Deve ainda, ser um mediador - problematizador, motivando na criança a dúvida e a curiosidade, respeitando aquilo que o aluno já sabe, partindo das condições concretas da sua existência;
     • O professor precisa direcionar sua ação educativa, capacitando a criança a ver, aprender a realidade, expressar-se, descobrir e assumir a responsabilidade de ser uma mudança desta realidade;
     • O educador deve cumprir a sua função sendo capaz de não uniformizar o modo de pensar do educando, tornando-o um ser questionador e criativo.

 


A EDUCAÇÃO NÃO DEVE SER VOLTADA À SUBMISSÃO. TEMOS QUE EDUCAR PARA A LIBERTAÇÃO, PARA A TRANSFORMAÇÃO E PARA O EXERCÍCIO DA CIDADANIA PLENA.

 

O objetivo principal da escola é o aluno no seu processo de aprendizagem. O aluno como um ser ativo, que percorre uma caminhada na construção e reconstrução de conceitos e interação com o meio.
O professor de hoje tem que consolidar conhecimentos.
O ensino deverá proporcionar o desenvolvimento da autonomia moral, intelectual e intuitiva, ajudando o aluno a emergir de um mundo dirigido e sem criatividade para a originalidade.